O Evangelho do Reino – por Philip Mauro – 2ed. – tradução Nathan Cazé

Baixe aqui a 2a edição: O Evangelho do Reino – Philip Mauro – 2ed. tradução Nathan Cazé

Anúncios

Outros podem, você não – G.D. Watson

Outros podem, você não

Então disse Jesus aos seus discípulos: Se alguém quiser vir após mim, renuncie-se a si mesmo, tome sobre si a sua cruz, e siga-me; Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á. (Mateus 16:24-25)

Se Deus lhe chamou para ser verdadeiramente como Jesus em todo o seu espírito, Ele atrairá você para uma vida de crucificação e humildade.  Ele colocará tamanhas demandas de obediência que você não poderá seguir outros Cristãos. De muitas maneiras, parece que Ele deixa outras pessoas fazerem coisas que ele não deixará você fazer.

Outros que parecem ser muito religiosos e úteis podem se esforçarem, manipularem, e planejarem a executar os seus planos, mas você não poderá. Se você tentar, você se encontrará com tamanho fracasso e repreensão do Senhor que lhe fará extremamente penitente.

Outros podem vangloriar sobre si mesmos, suas obras, seus sucessos, seus escritos, mas o Espírito Santo não permitirá você fazer tal coisa. Se você começar fazer tal coisa, Ele lhe guiará em uma mortificação profunda que lhe fará desprezar a si mesmo e todas as suas boas obras.

Outros serão permitidos a serem bem sucedidos em fazer grandes quantias de dinheiro, ou tendo um legado deixado para eles, ou em terem luxos, mas Deus só pode prover a você dia-a-dia, porque Ele quer que você tenha algo muito melhor do que o ouro, uma dependência total nEle e Seu tesouro invisível.

O Senhor pode deixar que outros sejam honrados e reconhecidos enquanto você é mantido escondido na obscuridade porque Ele quer produzir alguma escolha, fruto perfumado para Sua glória vindoura, que só pode ser produzido na sombra.

Deus pode deixar outros serem grandes, mas te manter pequeno. Ele deixa outros fazerem uma obra para Ele e receberem o credito, mas Ele lhe fará trabalhar e labutar sem saber o quanto você está fazendo. Então, para fazer a sua obra mais preciosa, Ele deixará os outros receberem o credito pelo trabalho que você tem feito; isso é para lhe ensinar a mensagem da Cruz, humildade, e alguma coisa com o valor de ser encoberto com a Sua natureza.

O Espírito Santo colocará uma vigilância rígida sobre você, e com um amor zeloso lhe repreender pelas palavras e sentimentos imprudentes, ou por jogar fora o seu tempo que, acerca disso, os outros Cristãos nunca parecem angustiados.

Então entenda que Deus é um Soberano infinito e tem o direito de fazer como Ele quer com os Seus, e que talvez Ele não lhe explique mil coisas que possam confundir o seu raciocínio em Suas relações com você.

Deus irá levar à letra as suas palavras.[1] Se você absolutamente se vender para seu o Seu escravo, Ele lhe enrolará em um amor zeloso e deixará outras pessoas dizerem e fazerem muitas coisas que você não pode. O mesmo está estabelecido para sempre; você deverá resolver diretamente com o Espírito Santo, Ele tem o privilégio de amarrar a sua língua ou de acorrentar a sua mão ou fechar os seus olhos de maneira que os outros não são lidados. Entretanto, saiba este grande segredo do Reino: Quando você estiver tão completamente possesso com o Deus Vivo que você está, no seu coração secreto, contente e encantado sobre este peculiar, pessoal, privado e zelos protetorado e gestão do Espírito Santo sobre a sua vida, você terá encontrado o vestíbulo do céu, o alto chamado de Deus.

Por G.D. Watson

G.D. Watson (1845-1924) foi um ministro Metodista Wesleyano e evangelista baseado em Los Angeles. Suas campanhas evangelísticas o levaram para a Inglaterra, Índias Ocidentais, Nova Zelândia, Austrália, Japão e Coréia. Ele também escreveu muitos livros.

Extraído de http://www.bulletininserts.org/bulletininsert.aspx?bulletininsert_id=161

 

Tradução: Nathan H. A. Cazé

Contato: nhac27@hotmail.com

Blog: Monoergon.wordpress.com


[1] Nota do tradutor: Se eu disser que “Eu levarei à letra as suas palavras”, eu quero dizer que eu notei o que você disse e que eu espero que você cumpra o que disse.

Sumário da Soberania de Deus na Salvação – John Piper

Sumário da Soberania de Deus na Salvação

Os “Cinco Pontos” do Calvinismo

Dezembro 10, 1997 | por John Piper | Tópico: A Soberania de Deus

A salvação não está definitivamente nas mãos do homem para determinar. As escolhas do homem são cruciais, mas elas não são o definitivo, decisivo poder que o traz para a glória, a graça soberana de Deus é que o faz.

1. Deus elege, escolhe, antes da fundação do mundo quem Ele irá salvar e quem ele deixará para a descrença e pecado e rebelião. Ele faz isso incondicionalmente, não com bases na fé prevista que os humanos produzem por um suposto poder de suprema autodeterminação (= “livre-arbítrio”).

Atos 13:48, “E os gentios, ouvindo isto, alegraram-se, e glorificavam a palavra do Senhor; e creram todos quantos estavam ordenados para a vida eterna”.

Romanos 11:7, “Pois quê? O que Israel buscava não o alcançou; mas os eleitos o alcançaram, e os outros foram endurecidos”.

João 6:37, “Todo o que o Pai me dá virá a mim; e o que vem a mim de maneira nenhuma o lançarei fora”.

João 17:6, “Manifestei o teu nome aos homens que do mundo me deste; eram teus, e tu mos deste, e guardaram a tua palavra”. (João 6:44, 65).

2. A expiação se aplica para os eleitos de uma forma única e particular, embora a morte de Cristo seja suficiente para propiciar os pecados do mundo inteiro. A morte de Cristo efetivamente realizou a salvação para todo o povo de Deus.

Efésios 5:25, “Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela”.

Hebreus 10:14, “Porque com uma só oblação aperfeiçoou para sempre os que são santificados”.

João 10:15, “Assim como o Pai me conhece a mim, também eu conheço o Pai, e dou a minha vida pelas ovelhas”.

Romanos 8:32, “Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?”.

3. Por causa da Queda, os humanos são incapazes de qualquer bem salvífico para além da obra regeneradora do Espirito Santo. Nós estamos desamparados e mortos no pecado. Temos uma mentalidade que “não consegue se submeter a Deus sem a ativação divina”.

Romanos 8:7-8, “Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra Deus, pois não é sujeita à lei de Deus, nem, em verdade, o pode ser. Portanto, os que estão na carne não podem agradar a Deus”.

Efésios 2:1, 5, “E vos vivificou, estando vós mortos em ofensas e pecados”.

4. O chamado de Deus é eficaz, e, por isso Sua graça não pode ser definitivamente frustrada por resistência humana. O chamado regenerador de Deus pode superar toda resistência humana.

Atos 16:14, “E uma certa mulher, chamada Lídia, vendedora de púrpura, da cidade de Tiatira, e que servia a Deus, nos ouvia, e o Senhor lhe abriu o coração para que estivesse atenta ao que Paulo dizia”.

João 6:65, “E dizia: Por isso eu vos disse que ninguém pode vir a mim, se por meu Pai não lhe for concedido”. (Mateus 16:17; Lucas 10:21).

1 Coríntios 1:23-24, “Mas nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos. Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus”.

5. Aqueles quem Deus chama e regenera, Ele também protege para que eles não se desviam da fé e graça totalmente e definitivamente.

Romanos 8:30, “E aos que predestinou a estes também chamou; e aos que chamou a estes também justificou; e aos que justificou a estes também glorificou”.

João 10:27-29, “As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem; E dou-lhes a vida eterna, e nunca hão de perecer, e ninguém as arrebatará da minha mão. Meu Pai, que mas deu, é maior do que todos; e ninguém pode arrebatá-las da mão de meu Pai”.

Filipenses 1:6, “Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo”.

1 Tessalonicenses 5:23-24, “E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. Fiel é o que vos chama, o qual também o fará”.

Conclusão

Romanos 11:36, “Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém”.

Fonte: http://www.desiringgod.org/resource-library/articles/summary-of-the-sovereignty-of-god-in-salvation

Pode ser acessado no seguinte blog: http://bereianos.blogspot.com.br/2012/12/sumario-da-soberania-de-deus-na-salvacao.html#.UO-ooG_o6So

Tradução com adaptações: Nathan Cazé             Email: nhac27@hotmail.com